Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Pai rico, pai pobre

1 comentário

Os poucos livros vendidos no Brasil são de auto-ajuda. O utilitarismo predomina. Pouca gente quer se deleitar ou crescer intelectualmente. Quase todos querem resultado imediato. Principalmente na área material. Um desses sucessos é “Pai Rico, Pai Pobre”, de Robert Kiyosaki. Ele vendeu 30 milhões de cópias no mundo, 2 milhões no Brasil. Recusa o rótulo “auto-ajuda” e diz que ensina assuntos complexos de forma simples e não entende o que os economistas falam. Seus conselhos deram a ele uma fortuna. Adicional àquela obtida com a venda de 60 milhões de livros.

Para ganhar dinheiro, a pessoa tem de distinguir o que é ativo – tudo aquilo que permite embolsar mais pecúnia em seu bolso – e passivo tudo o que faz perder dinheiro. Passivo, para ele, é a casa em que se mora, o carro de passeio etc. Ativo é a casa que o proprietário pode alugar, o carro que serve para transportar passageiros ou mercadorias. Os mandamentos para a juventude: 1. os ricos compram ativos, os pobres só têm despesas e a classe média compra passivos pensando que são ativos; 2. a cada dia, em cada cédula que recebemos, decidimos ser ricos, pobres ou classe média; 3. para ganhar dinheiro, tem de empreender e administrar riscos.

4. há dois tipos de investimento: jogos especulativos (comprar na baixa e vender na alta) e os que rendem fluxo de caixa (aluguéis e dividendos); 5. não trabalhe para ganhar dinheiro: faça o dinheiro trabalhar para você. O dinheiro não pede salário e trabalha 24 horas por dia; 6. para os vencedores, o fracasso é uma fonte de inspiração; para os perdedores, uma derrota; 7. saber vender e administrar ajuda qualquer carreira; 8. antes de pagar suas contas, pague a você mesmo: guarde e invista; 9. devemos dar para poder receber. Sua concepção sobre a dívida é interessante. Para a maioria das pessoas, a dívida é empobrecedora.

Mas há dívidas boas. Conta que há cinco anos comprou 200 propriedades no Arizona. Depois, construiu mais 150 nos mesmos terrenos. O banco fez uma nova avaliação e devolveu o dinheiro emprestado para comprar a propriedade nua. Ele usa a dívida para elevar os seus ativos. Enxerga a escola como um local que não faz um bom trabalho para formar pessoas capazes de crescer. Elas só preparam para arrumar um bom emprego. Não ensinam a empreender e a minimizar riscos. Este é um trabalho que sobrou para os pais.

José Renato Nalini é Desembargador da Câmara Especial do Meio Ambiente do Tribunal de Justiça de São Paulo e autor de “Ética Ambiental”, editora Millennium. E-mail: jrenatonalini@uol.com.br.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Um pensamento sobre “Pai rico, pai pobre

  1. Olha, pare, escute o Brasil tem mais de 9 milhões de Km fauna e flora muito diversa e o Antonio Ermiro pensa a maior riqueza deste pais somos nós e tô com ele nos precisamo dividir melhor nossas riquesas e assi o passivo e ativo devera ter equilibrio convenci minha mão a usar maquina de lavar tá com 62 anos trabalha fora me olhou e disse funciona mesmo. Coitada lavava roupa em sua juventude para dez casas e ganhava uma miséria agora tem sua própia máqina e eu muito mais tenho ainda minha mãe. Ela é briquenta mais amorosa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s