Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Onde está o desarmamento?

1 comentário

O Estatuto do Desarmamento foi comemorado como um avanço na harmonização social. Após a euforia do primeiro momento, a coleta de armas e certo recrudescimento na apreensão, como sempre ocorre no Brasil, debilita-se o entusiasmo. Resultado disso é a continuidade da violência que mata no trânsito, mata no roubo, mata no sequestro, mata de todas as formas. Não sei se as pessoas atentam para o número de vítimas gerado pelo uso de armas de fogo, a cada dia, em conurbações como a da insensatez chamada São Paulo. Nos fins de semana, a quantidade de jovens dizimada chega a ser assustadora. São rapazes, quase sempre, de 15 a 24 anos.

A mesma faixa que é também atraída pela criminalidade, pois mais vulnerável ao uso da droga e aos apelos do consumismo desenfreado. Todas essas mortes são causadas pelo uso de armas de fogo. Nada mais fácil do que adquirir uma dessas ferramentas letais. Alguém já fez um levantamento para verificar quantas as armas em uso por parte de delinquentes e de pessoas que não se consideram infratoras, mesmo quando portam revólveres sob argumento da necessidade de defesa pessoal. Alguém já procedeu a uma estatística fiel sobre a quantidade de armas subtraídas a policiais militares ou a policiais civis, além daquelas furtadas às Forças Armadas?

E o que se faz, concretamente, para coibir o porte e o uso de arma de fogo? Existe uma leniência, um discurso que justifica a “defesa legítima” do cidadão. Com a melhor das intenções, gente séria e boa sustenta a necessidade de se dotar a cidadania de armamento. Na contramão dessa corrente, sou frontalmente contra qualquer tipo de arma. Acredito até que algo que é feito para matar não deveria ser fabricado. Lutaria por um compromisso mundial para que todo e qualquer tipo de arma fosse banido da civilização.

Não ignoro que isso é utopia. Mas o meio termo seria um controle firme, sério e incessante do uso e do porte de arma. Fiscalização contínua, blitz, apreensão e todas as demais formas de se inibir a desenvoltura com que as armas estão nas mãos em que não deveriam estar, ceifando vidas preciosas. Que nunca mais serão devolvidas. Que enlutam famílias e comprometem o futuro do Brasil.

José Renato Nalini é Desembargador da Câmara Especial do Meio Ambiente do Tribunal de Justiça de São Paulo e autor de “Ética Ambiental”, editora Millennium. E-mail: jrenatonalini@uol.com.br.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Um pensamento sobre “Onde está o desarmamento?

  1. Caro Professor!

    Também considero-me frontalmente contra a posse das armas e também à sua fabricação. Enquanto o mundo se arma para proteger-se de guerras que inventa para manter ou ampliar poderes sem qualquer preocupação real com a existência, o individuo se arma para enfrentar as problemáticas sociais que não impede através da própria consciência, atitude, responsabilidade.

    Certa feita vi um pequeno cartão que falava de Paz, em seu desenho havia um soldado armado, e uma garotinha colocava na boca da arma pendurada ao ombro do rapaz, uma flor. E a frase que esclarecia tal gesto era singela: “paz na Terra, não custa tentar”.

    Sou partidária da atitude e não da crítica vazia, defendi a ideia do desarmamento como defendo a ideia da consciência e da responsabilidade. Talvez a minha forma de ser, a sua, seja apenas de ‘uma’ criança colocando ‘uma’ flor em ‘uma’ arma… pode parecer pouco, mas se algo aprendi na vida foi que o EXEMPLO faz uma diferença maior do que vislumbramos da ótica terrena. Jamais esmoreçamos, portanto, nem desanimemos dos homens.

    Deus o abençoe nessa luta pela Paz.
    Abraços desta que o admira.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s