Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

A disciplina do amor

1 comentário

LYGIA FAGUNDES TELLES está a revisitar toda a sua magnífica obra. A Companhia das Letras reedita a quase totalidade de seus livros, agora com capas atraentes, desenhadas pela artista plástica Beatriz Milhases e com pósfácios que valorizam ainda mais sua literatura. Em novembro sairá ” A Disciplina do Amor”, que é um dos melhores livros da nossa romancista maior. E fui privilegiado com a leitura de uma nota com que LYGIA apresenta a nova edição a seus leitores. Não resisto à tentação de partilhá-la com vocês. Aí vai:

“Quando recebi pelo Correio, enviado pela editora, o primeiro exemplar deste livro, telefonei para o meu filho Goffredo Telles Neto e anunciei: “A Disciplina do Amor” é dedicado a você! Estávamos no fim do ano de 1998. Meu filho chegou tão contente: – “Olha aí, o documentário que fiz sobre o candomblé da Bahia: ficou pronto há pouco!”, não era mesmo uma coincidência? Abraçou-me com alegria, pediu um café, acendeu o cigarro e começou a ler. Assim que terminou a leitura ele me abraçou novamente com entusiasmo:

– “É o seu melhor livro!”. Mas tinha duas pequenas observações para uma segunda edição: porque batizei alguns fragmentos com datas, essas datas naturalmente fictícias? Não seria melhor dar títulos para esses fragmentos? Ainda: por que eu mencionei pessoas reais apenas com as iniciais? Não seria melhor, por exemplo, ao invés de P.E. dar o nome, Paulo Emílio? E ao invés de H.H., o leitor não gostaria de saber que aquela era a Hilda Hilst? Pense nisso para uma próxima edição, ele sugeriu. E pediu mais um café para comemorar.

Tantos anos depois, ao fazer a revisão para esta nova edição, fiquei pensando como seria feliz se o meu amado filho ainda estivesse por aqui para ver que segui suas sugestões. As iniciais das pessoas foram substituídas por seus nomes. Quanto às datas de alguns fragmentos, tirante o Dezesseis de Dezembro, que realmente é data do nascimento dele, veio o vento e soprou o calendário.” Assim é que LYGIA termina a nota de apresentação de seu “A Disciplina do Amor”, que deliciará todos os que se devotarem a essa leitura, com a certeza de que não se quer chegar ao fim e de que uma vez só é pouco para saciar a fome que todos temos de LYGIA.

José Renato Nalini é Desembargador da Câmara Especial do Meio Ambiente do Tribunal de Justiça de São Paulo e autor de “Ética Ambiental”, editora Millennium. E-mail: jrenatonalini@uol.com.br.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Um pensamento sobre “A disciplina do amor

  1. Quero ler.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s