Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

A prisão do monoglota

3 Comentários

Há vários analfabetismos. Um deles é o do monoglota: aquele que só consegue ler e se exprimir em um idioma. O mundo requer comunicação imediata em pelo menos três línguas. E o Brasil já foi melhor nessa área. O Imperador Pedro II, aquele que foi expulso após o período mais estável e consistente de nossa história tumultuada, era um poliglota. Quando visitou a biblioteca imperial da Rússia, espantou seus anfitriões. “Bibliófilo e erudito, causou surpresa a vastidão dos seus conhecimentos. 

O Imperador lia correntemente os nomes das salas e os títulos dos livros em russo, mesmo os gravados em caracteres antigos. Não só o texto russo, mas o latino, o baixo-alemão, o árabe, o hebraico, o samaritano, estavam ao alcance do seu saber, na seção dos Manuscritos Antigos. Era surpreendente a facilidade com que versava importantes questões e, não raro, os sábios especialistas que o seguiam e lhe facilitavam explicações, eram induzidos a desistir, porque o Imperador já conhecia todos os assuntos e ia mesmo além das explicações dadas”. 

Essa afirmação consta do Jornal Oficial Russo nº 400, de 28.8.1876. Para Argeu Guimarães, que escreveu “Pedro II na Escandinávia e na Rússia”, “não surpreendem as observações transcritas da crônica russa. Pedro II foi, de fato, poliglota, linguista, filólogo, exibindo por essa faceta uma das mais prolongadas e profundas afeições do seu espírito, uma das mais notáveis manifestações do seu amor ao saber… 

Conhecia todas as línguas europeias, falando muitas delas com desenvoltura e versando as demais com uma erudição incansável. Estudou através toda a vida o latim, o grego, o sânscrito e o árabe. E, o que serve para comover o nosso nacionalismo, estudou e falou o guarani. Traduziu o “Livro de Isaías” e o castelo D´Eu conserva no seu arquivo a versão que ele fez do “Prometeu Acorrentado”, para a qual Gobineau escreveu um prefácio até hoje inédito.

Correspondia-se com Renan sobre as línguas orientais e, com tal alicerce, era-lhe fácil penetrar nos arcanos das línguas modernas, ainda as mais distanciadas da cultura ocidental. Essa a dimensão de um governante do século XIX, que embora injustiçado pelo seu povo, é reabilitado pela História e que deveria servir de modelo para a juventude perplexa com a falta de perspectivas decorrente da pífia concepção de educação que lhe é oferecida.

José Renato Nalini é Desembargador da Câmara Especial do Meio Ambiente do Tribunal de Justiça de São Paulo e autor de “Ética Ambiental”, editora Millennium. E-mail: jrenatonalini@uol.com.br.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

3 pensamentos sobre “A prisão do monoglota

  1. O Poliglota some quando não percebe o tamanho deste Pais fui de Cerqueira Cesar até Bauru 110 km só ai o Brasil é grande demais . Lógico que forma Magistrados , Promotores para irem ao interior com ar superior de uma raça diferente vi isto numa fita na Faculdade que émelhor que quem . Dr Rui Barbosa’Hora bolas as Leis’ O Estado é o primeiro a dar exemplos escusos ….

  2. “Ora bolas as leis”, como não privilegiar aqueles quase extintos seres humanos que se preocupam em transmitir o que aprendeu. E a questão seria mesmo “quem é melhor que quem”? Não seria “o que é melhor: saber ou não saber? daqui de onde estou, de frente para essa magnífica pessoa que dedica parte de seu tempo na tentaiva de me ensinar o que eu já devia saber, o Brasil fica pequeno, caberia até na palma da minha mão, caso eu tivesse as ferramentas que a educação deveria ter me proporcionado. mas não desisto não. Meu país está ficando cada vez menor!!

  3. Prezado Prof.

    Não encontrei no seu blog o lugar mais adequado para enviá-lo um link do youtube, acerca de um vídeo que circula na internet há tempos, que mostra o discurso de uma garota de 13 anos preocupada com meio ambiente. Ao que parece foi no evento denominado Agenda 21.

    Segue o link: http://www.youtube.com/watch?v=OlvKFaROXOk

    Forte abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s