Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Cada um com sua guerra

1 comentário

Mike Mullen é o Almirante Chefe do Estado Maior das Forças Armadas dos EUA.  Homem considerado o mais poderoso, pois controla as forças militares do Grande Irmão norte-americano. Comandante de toda a Armada ianque e responsável pelos eventos bélicos das últimas décadas. Entrevistado por Dave Letterman, dizia que os Estados Unidos envolveram ao menos um milhão de soldados em suas guerras e que disso resultou a morte de 6 mil jovens. 

Comentou ser um sobrevivente do Vietnã e que, àquele tempo, não havia a preocupação de hoje: propiciar uma adequada reinserção de quem volta ao país após haver lutado por seus ideais e se arriscado a perder a vida. Os Estados Unidos têm justificado orgulho de seus heróis. O cemitério militar de Harlington é uma evidência de como são respeitados.

A Pátria guarda, reconhecida, a memória, o nome e a trajetória de seus filhos mortos em guerra. E em todas as últimas aventuras – Coréia, Vietnã, Iraque, Afeganistão, Paquistão – foram 6 mil os falecidos. E aqui no Brasil? Quantos milhares de brasileiros são sacrificados pelas overdoses, pelos verdadeiros homicídios no trânsito? Só entre os motociclistas, dois ou três por dia deixam a vida no caótico trânsito paulistano. 

Nem se pode mais andar de bicicleta na capital. O ônibus atropela e mata. Quantas as vidas perdidas nos confrontos entre polícia e bandido e nas lutas promovidas entre gangues? E as vítimas de assalto, as derrubadas por “balas perdidas”, as chacinas de jovens que não honraram seu compromisso com o tráfico? Suicídios continuam a ocorrer e causam perplexidade. O cigarro mata 200 mil brasileiros por ano. E o álcool, a quantos assassina? 

Os operários que trabalham em situação de insegurança e são estatísticas nos acidentes fatais? E os “encontros de cadáver”, episódios a serem esclarecidos e que nunca chegam a sê-lo? Recente greve de coveiros mostrou que São Paulo não pode parar de enterrar e de cremar, sob pena de mergulhar numa tragédia imprevisível. É a morte a rondar, implacável, a todos os vivos. Mesmo assim, o ser humano parece não aprender a viver em paz e a valorizar esse milagre gratuito que é a vida.

José Renato Nalini é Desembargador da Câmara Especial do Meio Ambiente do Tribunal de Justiça de São Paulo. E-mail:jrenatonalini@uol.com.br.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Um pensamento sobre “Cada um com sua guerra

  1. Primeiramente esclareço que me sinto envergonhado de fazer esse pedido neste espaço tão valoroso ao debate. Confesso que entrei no blog em razão do concurso, mas com o tempo aprendi a gostar dos textos e da pessoa que os redige. Enfim, gostaria de solicitar a análise sobre a possibilidade de aplicação das provas de sentença nos dia 20 e 21 de agosto ou caso haja obstáculo na aplicação da prova ao sábado que a marque para o dia 21 de agosto (manhã e tarde) ou mesmo para o início de setembro. Justifico. Não se olvida que ultimamente apesar de estaduais os concursos se tornaram nacionais e as despesas de 2 finais de semana seguidos são sobremaneira tormentosos para o parco regime financeiro da grande maioria dos candidatos. Nada obstante, há nos dias 26, 27 e 28 de agosto aplicação da prova subjetiva e de sentenças para a magistratura do Estado da Paraíba. Ressalto que não é uma questão de escolha, mas perda de oportunidade e gastos (emocionais e econômicos) que sem qualquer prejuízo ao TJSP e aos demais candidatos poderão ser amenizados com a mudança das datas. Grande abraço. Espero nos encontrarmos nas trincheiras da magistratura bandeirante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s