Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Jundiaí faz bonito

1 comentário

A empresa Delta Economics & Finance elaborou uma pesquisa para a revista América Economia Brasil e chegou ao Índice das Maiores e Melhores Cidades Brasileiras, o BCI100. Avaliou 77 atributos das 100 grandes cidades do país. A grande vencedora é Santos, com seus 433 mil habitantes neste ano de 2014. O ranking das dez melhores cidades do Brasil é interessante para mostrar o que significa residir em espaços urbanos onde se leva a sério a qualidade de vida.

No cômputo geral, são elas: 1. Santos; 2. Belo Horizonte; 3. Jundiaí; 4. Blumenau; 5. Campinas; 6. São Bernardo do Campo; 7. Mogi das Cruzes; 8. Mauá; 9. Curitiba e 10.Santo André.

Jundiaí ainda é a primeira na dimensão digital, mas Santos é a primeira em educação. A leitura desse relatório que acompanha a pesquisa é muito instigante. O tema “segurança pública” mostra o excelente índice de Franca, a registrar 4,9 homicídios a cada 100 mil habitantes e 5,9 entre jovens. É a maior pontuação em Segurança. Mas a cidade de Ananindeua, no Pará, tem uma taxa de 125,7 por 100 mil habitantes e preocupantes 275,2 entre os jovens.

A metodologia da Delta adota uma visão holística e multi stakeholder da cidade. Dentre as 33 variáveis utilizadas na caracterização dos municípios levou-se em consideração a população rural, urbana e total, taxa de urbanização, PIB, total de funcionários, população economicamente ativa, receita orçamentária, despesas por função com saúde e educação, total de centros de saúde e de pronto-atendimento, total de tomógrafos, número de leitos, total de médicos ativos, de dentistas, de analfabetismo na população de 11 a 14 anos de idade e atendimento ao índice de desenvolvimento da Educação Básica.

Dentre as outras 77 variáveis utilizadas no ordenamento por dimensão, contam o bem-estar, esperança de vida ao nascer, mortalidade até um ano de idade, probabilidade de sobrevivência até 60 anos, dimensão longevidade, índice de Gini, governança etc. Jundiaí é a 7ª em qualidade de vida, atrás de Florianópolis, Vitória, Santos, Niterói, Brasília e Curitiba, mas na frente de Santo André e Belo Horizonte.

Tudo anima a prosseguir, numa tarefa que é da sociedade civil e não só do Poder Público. Parabéns, povo jundiaense!

JOSÉ RENATO NALINI é presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para o biênio 2014/2015. E-mail: jrenatonalini@uol.com.br.

Jundiaí-Praça-da-Cultura

Imagem: Praça da Cultura Fonte: http://turismo.jundiai.sp.gov.br/

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Um pensamento sobre “Jundiaí faz bonito

  1. Ó terra querida Jundiaí…..quando comento estes resultados com amigos todos se espantam, não por Jundiaí estar bem, más como 2 capitais estão no mesmo pacote!
    De qualquer forma é um bom resultado, melhor será quando o Rio Jundiaí estiver 100% despoluído e sua água puder ser utilizada para para o abastecimento público.
    Também será muito bom viver aqui, quando o trasporte público for eficiente, seguro, limpo e pontual e ainda quando o transito tiver sua fluidez melhorada.

    Quem viver verá!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s