Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Ateu Praticante?

4 Comentários

A era dos direitos garante a todos crer ou não crer. Mas uma das tendências constatadas nos Estados Unidos é o crescimento dos agnósticos. Em Nashville, capital do Tennessee, existe um encontro denominado “Assembleia dos Domingos”, uma espécie de fórum de ateus. Em 2007, eram 15% dos americanos que se diziam não professar religião alguma e não acreditar em nada além da finitude existencial. Já em 2012, são 20% os ateus.

Alguns ateus famosos se pronunciam: Brad Pitt e Mark Zuckerberg, criador do Facebook, por exemplo. Há conferência anual para os não-crentes: Skepticons – encontro dos céticos e “paradas do orgulho ateu”. O cientista P.Z.Myers, da Universidade de Minnesota, escreveu “O ateu feliz”, um best-seller, acrescentando sua contribuição ao crescente número de livros de divulgação do ateísmo.

Isso acontece nos Estados Unidos, nação que surgiu do fervor puritano dos quakers. Seria um paradoxo? Alguns acreditam que a fragilidade do sentimento religioso deriva da própria política. O ateísmo seria uma reação aos anos em que os religiosos perfilharam o lado errado da História: guerras, machismo, homofobia e escravidão. O fanatismo religioso levaria as pessoas mais sensíveis a uma ojeriza à confissão que não hesita em sustentar a exclusão daqueles que não rezam a mesma cartilha. Um contrassenso, pois o Cristianismo prega a igualdade: todos os seres humanos são irmãos de Cristo e filhos de Deus Pai.

Por enquanto, os ianques continuam muito crentes. Foi ali que em 1952 o presidente Harry Truman criou o Dia Nacional de Oração, celebrado até hoje em 1º de maio. Em 1954, acrescentou-se ao juramento à bandeira a expressão “uma nação sob Deus”. Em 1956, na presidência Dwight Eisenhower, acrescentou-se “In God we trust” nas cédulas do dólar.

Terra de contrastes, ali também se desenvolve esse afã ateísta que tenta subtrair os crentes à prática religiosa e à confissão, para que assumam postura crítica e tentem convencer o mundo inteiro de que é melhor não crer. Todavia, a crença é algo invencível. Não é a primeira tentativa, nem será a última. Leio a biografia de Getúlio, de Lira Neto e vejo que o ditador descrente, ao perder seu caçula, exclamou: “Custa-me a crer que a generosidade, a gentileza, a inteligência de Getulinho serão enterradas juntamente com seu corpo!”. É a dúvida que acomete até os mais descrentes dentre os ateus praticantes.

JOSÉ RENATO NALINI é presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para o biênio 2014/2015. E-mail: jrenatonalini@uol.com.br.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

4 pensamentos sobre “Ateu Praticante?

  1. Legal a = dade + o Crer Leva a Palavra que Veio Do Criador só e exclusiva pra nós e se nao bastase estamos ainda pela Misericórdia e a Graça a todo segundo que Amor o Pai Celestial tem por nós e Incondicional o que Ele tem feito pra nos alcançar esta em toda parte e em todos e em tudo o Amor e Graça do Pai e de Jesus Cristo Pra nos alcançar e sermos Salvos e Ainda Viver com Eles .

    Renato a respeito do Regular que recebi do Ricardo por seu pedido em meu favor Obrigado pelo Pai.

    Só 1 detalhe e que fique como Registro.

    24 dez 2014 fundos da area 8 do memorial ponto 22 ao 12 caio graças a Deus tá tudo bem. 06 jan 2015 fundos da area 8 do memorial ponto 17 ao 16 trincou pois do ponto 15 que tinha feito 1 estrutura só e apenas para area 4 ele o do b.o. + seu pedreiro resolveu tirar uma arueira arvore no ponto 14 e ela despencou no ponto 15 e estourou a minha parede existente e abalou o pilar ponto 15 o novo feito enclusive fora do alinhamento existente que segue ao ponto 8 . voltando ao efeito dominó da queda da arvore feito sem minha autorizaçao eou de qualquer orgao ai entende arvore ponto 14 queda direta no ponto 15 que mandou ao ponto 16 que enviou ao ponto 17 isto tudo no mes nove de 2014 entao ficou escondido a verdadeira porrada do efeito dominó ai em 6 de janeiro 1 pequeno desmoronamento de meio metro assustou ao da area 4 o qual ja tinha derrubado antes de tudo uma pequena parede do ponto 16 ao ponto 17 e depois derrubou tambem uma arvore do ponto16 ao ponto 18 entao foram 3 porradas neste espaço o qual nao resistiu e mostrou este pequeno ainda que seja abalo e graças a Deus ta tudo bem e estao refazendo as estruturas pois é muro bem antigo só que este fala que a area 4 vai do ponto 17 ao 18 nao respeitando nem o proprio memorial. Ai por resumo no inicio eu levo a culpa por isso e por aquilo.Voltando ao do B.O. area 5 pediu pra que eu demolice a minha casa do ponto 15 ao 16 pois ele mesmo cavou fez parede e mao francesa dentro da area 8 deixando a minha casa no abismo e simplesmente parou a obra inciada bem em 6do 7 2014 dia do meu aniversário eu eu pensando que ele iria fazer o muro e resolver o problema foi só mais enfrentamento pois ele ja havia invadido conforme b.o. do ponto 8 ao 9 po 5 metros e nao devolveu até hoje e quando disseme sabe como ja indo com tudo sem aviso fazendo o muro com intuito que seria pra nós ponto 15 a 16 quando na verdade era só e apenas ora ele e um a verdadeira armadilha pra mim pois o mesmo afundou seu próprio terreno em 2 metros abaixo e jogou toda terra escavada na minha area entao foi primeira envasao garage segunda envasao após a garage com terra ponto 8 a 9 até 14 e 15 e mais a parede que fora do alinhamento do ponto 8 ao 15 só que fes dos fundos pro meioaté a metade do lote. Voltando pro pedido dele o do b.o. em demolir a minha casa pois ficou pior porque ele ocasionou a armadilha e deixando eu com a culpa pois fez tudo sem as devidas providencias necessarias como segurança calculo estrutural e pedreiro responsavel mais técnico civil nada disso teve e ai fui obrigado a aceitar em demolir a minha casa sendo que esta estava bem forte. Comecei a demoliçao por paredes e telhas e ajeitando o processo da demoliçao ai nestes 3 dias de calor acabei nao indo ele simplesmente o do B.o. da area 5 foi bem no dia da publicaçao do processo no dia 21 de jan 2015 com demolidor e começou a quebrar tudo portas com cadeados e após arrombalas quebrando paredes e jogando tudo fora e ficando o resto da casa sem segurança abertos com meus pertences e etc. e me falou que nao era pra mim aparecer por la e ameçou tipo te dou uns pipocos. E nao fui mais la gostaria do seu sigilo e envestigaçao caso nao acredite e muitos virao partes disso tudo e ainda esta tudo la agora sim virou uma puta de uma bagunça e ano sei o que faço peço sua descriçao e opiniao ou luz que devo fazer pois ficou fora do limite . O bom seria dar logo aos da area 4 e 5 d0 memorial a suas partes pra se acalmarem e resove-se a questao mais importante pois agora é risco de vida e segurança e ameaças e principalmente foi o pedido dele o do B.O. pra que eu nao aparecesse por lá e lá tá um caos e ainda nao podendo eu ir lá vou e ja estou levando outra culpa e só estou falando e me abrindo com Sr Renato meu Amigo Graças a Deus e a Jesus.

    Seu Amigo Pedro Carlos KIrstus

  2. Se já comentei aqui algumas jabuticabas, minhas desculpas ao Blogueiro no bom sentido e aos comentaristas também.

    Liberdade de crença e de expressão são fundamentais.

    Fosse Getúlio Espirita, Ateu ou Católico Apostólico Romano certamente o curso da Historia seria o mesmo., Pois ele teve as qualidades de um Estadista e os defeitos de um Ditador.

    Goethe escreveu: A alma humana é como a água, ela vem do céu e volta para o céu, e depois retorna à terra, num eterno ir e vir.

    O ciclo da água certamente já aprendemos e nossas ações fazem com que ela tenha sua pureza diminuída.

    Já nas idas e vinda da alma?!?

    • A mesma potencia que os Estados Unidos tem na religião é proporcional ao ódio que outra religião tem deste País, o mais estranho é que ambas as religiões cultuam o mesmo deus(ser imaginário)!
      Todas religiões prejudicam a humanidade, qualquer ideologia de controle de massa que retire o direito da liberdade de pensamento e expressão é pura alienação.

  3. Deixando de lado a questão de serem os EUA uma “nação q surgiu do fervor puritano dos quakers”, afirmação que, conquanto não seja falsa, desconsidera a preponderância da maçonaria entre os “pais fundadores”, que se esforçaram por preservar o caráter laico da Constituição daquele país, o parágrafo final apresenta um flagrante non sequitur. Com efeito, a magra conclusão de que “a crença é algo invencível” não se sustenta no exemplo citado de enfiada. Se o eminente articulista pretendesse com isso dizer que a crença é irracional e que, portanto, não pode ser vencida pela razão, a hipérbole lhe seria perdoada. Mas como não é esse o caso, faz-se necessária, data vênia, uma ponderação.
    É absolutamente natural e humano o inconformismo diante da morte de alguém que se ama e cujos valores se exalta, e o sofrimento diante da verdade inexpugnável da finitude da vida humana não é exclusividade daqueles que não possuem o lenitivo de uma crença; é, ao contrário, aquilo mesmo que serve de sustentáculo a uma grande variedade de ilusões confortáveis. Todos sofremos a ausência dos entes queridos, e todo sofrimento sobre o qual não logramos exercer nenhum controle nos estimula a imaginar situações nas quais toda injustiça é reparada, toda recompensa devida é finalmente recebida, toda dor passada se transtroca em prazer e alegria. Infelizmente, isso de nada serve para assegurar o valor de verdade do conteúdo de tais divagações, antes pelo contrário, deveria ser indício mais do que suficiente de seu caráter de mero desejo, de fantasiação, de sua falsidade, em suma. A frase atribuída ao “ditador descrente” afigura-nos muito mais uma expressão de inconformismo e indignação do que de dúvida relativamente a um pensamento consistentemente ateísta. Ainda que se admitisse, porém, como mero exercício de raciocínio, esse caráter de dúvida, ainda havia que se levar em conta a carga emotiva contida nela, uma vez que terá sido proferida em momento de profundo abalo emocional. Ora, são as faculdades intelectuais as que mais e primeiro sofrem nesse tipo de situação, e essa constatação deveria nos dar a medida em que agimos com justiça ao julgar seriamente o conteúdo de uma afirmação proferida em um tal contexto.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s