Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Máquina de enlamear

2 Comentários

É assim que Umberto Eco, o escritor italiano de 83 anos, autor de “O Nome da Rosa”, “Baudolino”, “História da Feiura”, “História da Beleza”, “O Cemitério de Praga” e “O Pêndulo de Foucault”, chama a mídia no seu último romance: “Número Zero”.

A partir de fatos reais, quais a atuação da operação “Mãos Limpas”, na década de 90, Umberto Eco tece uma crítica sobre o funcionamento de jornais, alguns dos quais criados para desinformar, difamar adversários, chantagear, manipular, elaborar dossiês e documentos secretos.

O livro é quase-ficção, porque entremeia episódios verídicos a uma fantasia caricata. Mas há muito de verdade no tema e em todo o globo. A mídia, em geral, se tornou mexeriqueira, explora o exótico, o folclórico, o ridículo. Dá espaço a tudo o que é mórbido, choca e machuca. Não deixa de noticiar ainda que sem apurar todo o contexto, não se preocupa com a mácula à honra dos atingidos.

As redes sociais multiplicaram a máquina de enlamear e produziram verdadeiros monstros. Insinua-se algo que pode desconstruir uma imagem e, a partir de então, aquilo é reiterado por outros veículos e sempre rememorado, não importa quanto tempo decorreu. Ainda que as acusações se mostrem falaciosas, à mera menção de um nome este já é associado ao escândalo.

Isso faz lembrar a penitência que São Felipe Nery aplicou a uma confitente que admitiu a maledicência. Pediu a ela que matasse uma galinha, depois percorresse toda a cidade, até seus limites, distribuindo ao vento as penas da ave. E depois voltasse. Quando ela retornou, dizendo já ter cumprido a primeira parte, ele mandou que ela recolhesse todas as penas. A mulher se apavorou: mas o vento levou, elas estão espalhadas. Como farei isso? Então veio a lição de moral: a fofoca se dissemina, ganha o mundo e nunca mais a honra vulnerada será recomposta.

Isso vale até hoje e de forma intensificada, pois as mídias virtuais não têm qualquer breque. Por isso é que o jornalista precisa ter uma ética muito singular. Mais que o diploma em Comunicações, consciência ética é seu instrumento de trabalho. Ética, o único remédio para um trabalho sério e justo, que não enlameie a honra das pessoas.

JOSÉ RENATO NALINI é presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para o biênio 2014/2015. E-mail: jrenatonalini@uol.com.br.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

2 pensamentos sobre “Máquina de enlamear

  1. É realmente preocupante o número crescente de inverdades das redes sociais. Fica difícil usar o bom senso. O que seria verdade? Em quem confiar?

  2. Um antigo professor de português, Sr. Celso que não recordo o sobrenome, me ensinou: Não acredite em tudo que lê, tudo deve ser refletido e observado de outros ângulos preferencialmente de fora.
    Já tive minha reputação atacada, não pela mídia, mas pelo boca a boca e nunca pude me defender.
    Muitos anos depois, provada minha irresponsabilidade pelo acontecido o assunto não retorna mais ao boca a boca, pois os personagens e os fatos agora são outros; que serão atingidos pela “lama” da boca da sociedade que assassina; mas não ressuscita reputações.
    Fazendo bem feito, poucos saberão, fazendo mal feito multiplica-se por 10 e ainda se aumenta um ponto exponencial.
    Vez por outra alguém coloca o dedo na ferida e tenho a oportunidade de resumir o episódio e o desfecho, más a marca permanece.
    O Judiciário também contribui para a mistura da água com a terra; dia 21-02-15 meu filho fez 32 anos e coincidentemente um processo completou 10 anos no mesmo dia., deu até tempo para ele se formar em direito, más não dará tempo para ele me defender, más dele já tive a sentença:

    “Não há ninguém mais fácil de enganar do que um homem honesto; muito crê quem nunca mente, e confia muito quem nunca engana”

    Para Vosso próximo post: E o melhor lugar o mundo é aquiiii….e agooooraaa….. (do Gil de 1977!!)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s