Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

O que é mentira?

8 Comentários

Antigamente – sou de antigamente… – o dia 1º de abril era considerado “o dia da mentira”. Ingênuas as brincadeiras que então eram usuais. “Sabe quem morreu?” “O Presidente da República foi deposto!”. E tantas outras inocentes tentativas de causar perplexidade, logo seguidas de “É mentirinha!”.

Tempos incríveis. Hoje a coisa é diferente. O que parece mentira, infelizmente é verdade. Parece que a população já perdeu a capacidade de se surpreender. O exagero nos escândalos, nos descalabros, no deboche e no acinte, o abuso e a desfaçatez com que são praticados malfeitos de toda a ordem, edificam um quadro surrealista. Preferíamos que tudo fosse inverdade.

Mente-se muito, mente-se até descaradamente. E com tanta convicção, que aos olhos de quem ouve, parece que o pronunciamento traduz a mais límpida verdade.

Verdade que o conceito de verdade e mentira é polêmico e nebuloso. Cristo perguntou a Pilatos: “O que é a verdade?”. E não recebeu resposta.

Há quem sustente que há tantas verdades quantos os focos de visão de quem observa. Cada olho interior, o ângulo de análise da consciência, enxerga de uma forma. O egoísmo também nos faz enxergar o que queremos ver. Moldamos o que é aparentemente objetivo, de acordo com o nosso subjetivismo. Conforme a deformação de nossa vontade.
Mentira e verdade podem às vezes caminhar juntas e se confundirem. Isso ocorre, por exemplo, quando se colhe o testemunho de circunstantes que observaram o acontecimento que depois relatarão. Narra-se o exemplo dos cinco cegos a descreverem o elefante que tentaram conhecer pelo tato. Cada um deles oferecerá uma versão, correspondendo à verdade apreendida. O que é perfeitamente compreensível nesse caso. Ninguém poderia ser acusado de mentir.
Há todo um folclore a respeito da mentira. Como a entrevista do cantor que afirmou ao repórter: “nunca usei droga; mas minto um pouco”…

Como seria bom, de qualquer maneira,se voltássemos ao tempo em que a mentira tinha um dia especial e servia a lúdicos e simplórios jogos entre amigos. Hoje, todo o dia é dia de mentira… Precisamos inventar um “dia da verdade”.

Fonte: Diário de S. Paulo | Data: 02/04/2015
JOSÉ RENATO NALINI é presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para o biênio 2014/2015. E-mail: jrenatonalini@uol.com.br.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

8 pensamentos sobre “O que é mentira?

  1. Otimo, presidente. Hoje, quase aos 50 anos, lembro-me que minha mãe, professora primária enérgica, dizia sempre:- “Menino, se voce mentir, lavo sua boca com sabão!”. Era realmente um tempo lúdico, aguardávamos com ansiedade o dia 1º de abril e ser o primeiro a chegar à escola e pregar uma peça em alguém. Tudo mudou, e para muito pior. Pessoas falam o que querem das outras, praticam as maiores atrocidades, inventam as mais escabrosas desculpas, e tudo segue normalmente, com poucos espantos. Incrivel. Pobre minha mãe, se ainda vivesse!! Não haveria sabão para tantas bocas inverazes.

  2. Nesta República os 365 dias do ano, são recheados de mentiras. Ocultas ou não, são reeditadas com tanta frequência que transparecem verdades.

    Dizem que nossos políticos conseguem esconder o sol a lua e as verdades.
    Digo que eles querem os créditos dos eclipses, e para eles as verdades,são relativas: e uma coisa pode ser qualquer coisa e outra coisa podem ser infinitas coisas.

    Já temos o dia da mentira, vamos criar o Dia do caráter, da honestidade, da verdade; será que 365 dias são suficientes ?

  3. Ótimo texto! Os textos do Dr. Nalini são sempre muito bons! A situação está caótica, realmente. Mas creio na mudança. Apenas uma observação: Foi Pilatos quem fez a pergunta a Jesus sobre a verdade. Ele não respondeu naquela ocasião, mas já havia deixado claro anteriormente que Ele é “o caminho, a VERDADE e a vida!” Que a humanidade possa voltar os olhos ao Cristo ressuscitado e seguir os passos do mestre. Feliz Páscoa! João Márcio Góes de Paiva

  4. A mentira é a ausência total da verdade.
    A verdade é única, é SIM ou Não.
    É exata, sincera, límpida à todos.
    Já a mentira, se instala onde a verdade não pôde chegar, dando lugar a engôdos maquiados de licitude, se apresenta através de falsas interpretações da verdade, é dúbia, confusa, visa confundir os inocentes, o piedosos e os alienados que se deixam levar por ela.
    Já o Dia da Mentira, em 1o. de abril….concordo com V. Exa., já está um tanto quanto “démodé “, visto que a mentira, em nosso pais, virou algo banal, não causa mais sustos como os que eu dava nas amiguinhas no passado.

  5. O DIA DA VERDADE É O VERBO E ELE É DO CRIADOR E QUEM PERGUNTOU O QUE É A VERDADE NAO FOI JESUS FOI PILATOS E NAO OBTEVE RESPOSTA ELE JESUS CRISTO É A VERDADE.

    O SEU ACESSOR NADA FEZ PRA MIM SENDO QUE FUI ATÉ ELE ME RECEBEU LEVEI 1 CARRINHO DE PROVAS E O MESMO NAO QUIS VER NADA E O PROCESSO EM 28 MARÇO FOI DAI PARA SANTO ANDRÉ E TUDO QUE ESCREVI ATI NAO FOI EM VAO E QUE PASSASTE AO VOSSO ACESSOR TAMBEM,

    PERGUNTO AINDA TENHO QUE ENTRAR COM PETIÇAO DOS FATOS EU POSSO COM SUA AUTORIZAÇAO JUNTAR OS IMAI-L DAS DURAS COISAS QUE ME ACONTECERAM OU SR MESMO AVISA A QUEM O PROCESSO ESTA INDO POIS SAIU DAI E O RICARDO CONFORME FALEI A DOIS DIAS O MESMO NAO FEZ NADA, E O MESMO QUANDO ESTAVA VENDO A TEMPOS ATRAS SE CONFUNDIO POIS PEDIU PRA MIM FALAR COM MINHA ADVOGADA E ENTRAR COM PETIÇAO PRA NAO IR O PROCESSO A TRIBUNAIS SUPERIORES ISTO FOI ANTES E DURANTE O TEMPO QUE TUDO FOI ACONTECENDO VOCE LEMBRA RENATO FUI AMEAÇADO E NAO IR MAIS AO MEU PRÓPRIO IMÓVEL E NESTE TEMPO ACABARAM DE INVADIR MAIS E MAIS E PAREDES ETC DOMINARAM E OS MESMO MORAM LÁ POIS O CASO SAO 8 LOTES QUE FAZEM PARTE DO PROCESSO E EU SOU O UNICO SENDO ATACADO E NAO TENHO NENHUM APOIO DO PRÓPRIO PRESIDENTE DO MAIOR LOCAL DE JUSTIÇA O SR ESTÁ AI PORQUE O CRIADOR PERMITIU E JESUS CRISTO APROVOU O SR AI A REPRESENTAR A LEI A JUSTIÇA E ISTO É UMA COISA QUE DEUS GOSTA DA VERDADE E DA JUSTIÇA SE O SR FOR REVER O MEU CASO VEJA O SR MESMO POIS ASSESSORES NEM SEMPRE E NEM NUNCA SERÁ E AGIRA COMO 1 PRESIDENTE E PRINCIPALMENTE NESTE MOMENTO AGORA.

  6. Pingback: O que é mentira? | Blog da Biloka

  7. O texto do ilustre escritor deixou-me a pensar… Será que ninguém, até hoje, teve a curiosidade de perguntar por que o dia 1º de abril é considerado o dia da mentira? O que teria acontecido neste dia, muito remotamente que marcou-o como o dia da mentira? Creio que ninguém sabe, e mesmo que se saiba, talvez tenha passado tanto tempo que o motivo já não seja mais relevante.
    Então faço uma proposta: não sabia a data do nascimento do ex presidente Lula, mas acabo de consultar o Wikipédia e descobrir que nasceu na malfadada data de 27 de outubro de 1945. Que tal livrarmos o 1º de abril de tão vergonhosa pecha e passarmos a comemorar o dia da mentira na data do nascimento de Lula?

  8. Data maxima vênia, não há como concordar com V.Sa., Aparecido Nonato.
    O Lula jamais foi uma mentira.
    Desde seu início, ainda como metalúrgico, ele jamais se maquiou. Era um psicopata desde o tempo que o vi pela primeira vez na TV….e isto tem tempo.
    Sempre foi politizado (qualidade invejável), que nosso povo não tem e insiste em ignorar, daí ter votado nele e em quem ele apontar.
    Lula escancarou, desde o seu início, que era mais um encostado nos sindicatos da vida, onde se reúnem para levar a melhor.
    A própria fisionomia deste homem denota ser um doente mental, a onipotência manifesta em suas primeiras suas falas, só não viu aqueles que também desejavam uma chance de ser um deles.
    Caro Donato…MENTIRA é aquela que vem de seres polidos, cortês, cultos e que, quando nos aproximamos, sentimos o perfume da cultura ampla, se apresenta quase como um deus do Olimpo.
    Enganam tão bem que lhes são dados poderes, visto que seu intelecto merece, mas seu cerne exala odor de podridão.
    Odor este que não chega às narinas de quem ele já enfeitiçou, o seu verdadeiro cheiro não ultrapassa os ternos importados, nem as gravatas italianas.
    São vários, inúmeros, se eu pudesse dizer o nome de apenas um, o Sr. escreveria outro texto acerca do lula.
    Portanto fique esperto, Lula escancara sua trapaças, já estes “tais polidos” passam reto, altivo.
    Só há uma forma de detectar, conhecer UM, e ficarás tão esperto quanto eu acho que restei. Ore à Deus que te livre dos perigos ocultos…
    Urge que fique esclarecido, não me referi à um homem ou uma mulher “polida”, mesmo porque a corja é volumosa.
    Sou do PSDB, não votei no Lula, mas mentir ele não mentiu, vocês que não enxergaram-no tal qual.
    Meu respeito Sr. Antônio Nonato, e que tal criarmos o dia da VERDADE ?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s