Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Mártires do século XXI

8 Comentários

Há alguns dias, dom Oscar Romero foi beatificado em San Salvador. O bispo dom Oscar Anulfo Romero foi assassinado em 24/3/1980, após dedicar os três últimos anos de sua existência terrena à defesa dos direitos humanos. A guerra civil deixou 70 mil mortos naquele chão. O “Mártir da Paz” deverá em breve ganhar os altares.

Sua morte intensificou a luta fratricida, pois 42 outros salvadorenhos foram assassinados durante o seu funeral. A guerra durou doze anos, o país foi redemocratizado em 1992, mediante assinatura do acordo de paz de Chapultepec.

O Cardeal Angelo Amato, Prefeito da Congregação para as Causas dos Santos, que presidiu a beatificação por especial designação do Papa Francisco, afirmou que a opção de dom Oscar pelos pobres não era ideológica, mas evangélica. Mesmo porque, sua caridade se estendia também aos perseguidores, para os quais pregava a conversão ao bem e aos quais perdoava.

Era um bispo conservador, ordenado sacerdote em 1942 e que se transformou em 1977. Mais exatamente em 12/3/1977. O pastor manso, quase tímido, viu de perto a morte do Padre Rutilio Grande, jesuíta salvadorenho que deixou o ensino universitário para ser pároco dos camponeses, oprimidos e marginalizados. Ao constatar que o padre dos pobres havia sido assassinado, declarou: “Considero um dever colocar-me em defesa da minha Igreja e ao lado do meu povo tão oprimido e perseguido”.

Pouco antes de morrer, confessou o seu temor: “Em El Salvador, todos temos medo de morrer”. Três dias depois, na hora do ofertório da missa que celebrava, levou um tiro no peito.

Assim como o Padre Rutilio Grande e o bispo dom Oscar Romero, há muitos outros mártires conhecidos e ignorados em pleno século XXI. A tolerância ainda está longe do fundamentalismo de todas as tonalidades. Há muito mais do que cinquenta tons plúmbeos no radicalismo dos fanáticos. Prova de que estamos muito distantes da edificação de uma sociedade universal fraterna e solidária.

Mas cada qual pode fazer a diferença no seu microambiente. Seja você a diferença que quer enxergar no mundo é um lema a ser levado a sério.

JOSÉ RENATO NALINI é presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para o biênio 2014/2015. E-mail: jrenatonalini@uol.com.br.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

8 pensamentos sobre “Mártires do século XXI

  1. Quem está no Poder jamais pode considerar o micro antes do macro… Infelizmente essa é a idéia errônea adotada por nossa sociedade que nos faz caminhar em passos retrogrados e que me preocupa pelo futuro de nossos irmãos, filhos e netos. Mandá-los para longe funciona? Talvez… Mas é uma atitude tão covarde quanto assumir a própria incompetência, entregar a identidade e deixar de fazê-lo pelo bem maior, qualquer que seja a crença.

    Fraterno e solidário não é o populista, que por certo já existia na época da escravidão (negra) e nada fez para mudar.

    Fraterno e solidário é aquele que ama o próximo, aquele que se preocupa genuinamente com o humano que está a seu lado e também com aquele que está distante de sua realidade… Humano é aquele que liberta. Que chuta o pau da barraca e condena o comércio nos templos…

    O populista é o conformista? É aquele que aceita calado ou que abaixa a cabeça diante das possibilidades… Que faz o mínimo (ou o máximo) pra se esquivar das obrigações… É aquele que também deseja que os outros se calem porque a careta da verdade vai doer para os seus “queridos”… Alimenta os “pobres” com pouco e os enche de ilusões, pois já fizeram do todo um circo, cheio de medalhas… Como das competições que participamos quando crianças (de participação… em todas elas escrito está “honra ao mérito”). Não faz Justiça pelo bem comum, mas para confortar a morte de seus ideais… (A PIOR DAS MORTES, ainda que vivo)… É aquele que sabendo, ou não, faz mais pelo bem do que não é direito do que para aquele que é. É o que pensa na minoria… Na sua minoria em primeiro lugar.

    Essa mentalidade que precisa mudar.

    Enquanto nos preocupamos em digitalizar processos esquecemos do que é VALOR e do que é JUSTO, fruto do direito que é uno.

    Nos preocupamos com as castas… com os “pobres” funcionários do Tribunal, mas esquecem a quem servem, pois (z)é…

    Funcionário público, qualquer que seja o escalão, deve ser SERVIDOR… Para mim, basta dos canalhas ou dos judas. Mesquinhos.

    Não tenho medo de morrer e também não tenho medo de levantar a espada, ou a clava, para defender os ideais que já estão escritos e que pregam o bem comum… E tenho certeza que muitos tem os mesmos anseios ainda que na pátria deseducadora.

    Dos mártires às revoluções.

    Aprendi nesta casa a lei da sobrevivência… A lei da vivência ainda não sei qual é, pois a imaginada em 1988 não passa de uma ficção que só deixamos para os outros.. entregamos de mão beijada… uma insegurança jurídica do tamanho do mundo… um orgulho velho e ridículo de ser colônia. Um conhecimento tão vasto e de terreno tão fecundo, mas uma semente natimorta (a Vontade).

    Cosmopolitas são os que mudam o mundo. Cristão o ungido que constrói a obra de Jesus. É plural? rs.

    Responsabilidade é a irmã gêmea da Dignidade; se não tem por si (ou pelos seus) como terá pelos demais?

    A divina obra que se torna uma comédia. Condenados estamos? Cada qual com os seus atos e seu próprio julgamento e em seu próprio inferno. Anubis há de pesar os corações ante os atos.

    O Céu de Merton, de Dante e de João só são piada ou utopia porque os homens que haviam de construir quedaram-se inertes.

    E se minhas palavras o alfinetam, talvez seja porque precise ser. A carapuça que se veste é diferente da carapaça e, enquanto rei dos animais (igual tu), clamo:

    SÊ VIDA,

    pois somos os únicos que tem o DEVER de olhar pelos outros.

    Se(^) mestre, ensina em atos.

  2. Um desgoverno com sensação de deriva:

    “Dilma lança hoje um novo canal de comunicação com a população para ampliar a participação da sociedade na elaboração de programas do governo”

    http://exame.abril.com.br/brasil/noticias/dilma-lanca-site-para-ouvir-populacao-sobre-acoes-do-governo

    #MI6499

  3. O curto resultado pela força: https://catracalivre.com.br/geral/mobilidade/indicacao/ciclista-levanta-carro-no-braco-e-o-tira-do-meio-da-ciclovia/

    E nossa revolta em arte, a mobilização pelo som, o meu jazz e uma funda: https://www.youtube.com/watch?v=t_7OU7Gp3Tk&feature=youtu.be

  4. Boa tarde Dr. Nalini! Existe a possibilidade de algum escrevente da capital ser nomeado esse ano além dos já chamados?

  5. Que lindo texto! Obrigada por me contar o que pouco sabia. E sim, com certeza, dom Oscar deveria ser um homem naturalmente bom. Talvez o difícil, seria ir contra a sua essência.

    Já a maioria… Como é fácil amar os nossos admiradores! Difícil é entender que o desenvolvimento, vem do sacrifício de não colecionar inimigos, apaziguando e distribuindo o melhor possível, aos irmãos mais difíceis.

    Mas se não podemos modificar o mundo, só nos resta a tentativa de conquistá-lo através do nosso exemplo.

    Mas que sonho seria, se houvesse o comprometimento de cada um com o seu próprio desenvolvimento! Tudo lá na frente, estaria bem melhor. Se cada qual, pessoa capaz, conseguisse ajustar os seus reajustes (imperfeições) e simultaneamente, compartilhasse o seu melhor, distribuindo suas qualidades e auxiliando o desenvolvimento geral; com certeza, teríamos de quadrado em quadrado, um mundo melhor!

    Por ora, fazemos a nossa parte e, dentro dela, me cabe ser grata a todos comprometidos, que como o senhor, independente de críticas ou perseguições, continuam e não desistem de arquitetarem o melhor ao nosso país. Minha admiração e muitas orações, sempre terão de mim.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s