Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Segurança: uma agenda positiva

3 Comentários

Uma das maiores preocupações do brasileiro é com a segurança. Há uma sensação de insegurança produzida por uma série de fatores, dos quais o menor não é a divulgação das más notícias. Sensação até exagerada, considerados os índices toleráveis do que acontece em conurbações insensatas como a Grande São Paulo. Ocorre que as boas práticas não merecem a mesma divulgação. E a inércia, que costuma reinar na Administração Pública, prepondera nessa área. É preciso renovar as estratégias. Não permanecer na defesa e partir para a proatividade.

Chego a sugerir que a Polícia Militar, aquela que tem a incumbência do policiamento preventivo e que está na trincheira dos acontecimentos, treine policiais para um contato mais próximo com a população. Conheço excelentes quadros milicianos que têm formação superior, talento e condições hábeis a um projeto de comunicação eficiente. Por que não fazer com que esses agentes promovam encontros em escolas, sedes de comunidades de bairros, igrejas e clubes e mostrem o que a população pode fazer para ajudar a combater o banditismo e a delinquência? Afinal, a segurança pública é responsabilidade também da sociedade e esta não pode permanecer alheia, enquanto o cidadão comum sente-se desprotegido, alvo fácil de investidas de drogados e de outros indivíduos que se desviaram do bem e passaram a trilhar a sombria sina da criminalidade.

A polícia precisa ficar próxima à comunidade a que serve. O Tribunal de Justiça já adotou uma política de prestigiar o PM que ficará vinculado a cada uma das unidades judiciárias em funcionamento pelo Estado de São Paulo. Radicar o profissional da segurança a um ambiente que passe a conhecer e pelo qual dependerá dele ser respeitado e objeto de afeição e admiração é uma receita menos dispendiosa do que arquitetar utópicos projetos que não resultam em eficácia e deixam o panorama tão desalentador como antes deles.

Fonte: Diário de S. Paulo | Data: 03/09/2015
JOSÉ RENATO NALINI é presidente do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para o biênio 2014/2015. E-mail: jrenatonalini@uol.com.br.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

3 pensamentos sobre “Segurança: uma agenda positiva

  1. Caro Nalini.. excelente texto e concordo com tudo.. a PMSP já faz hoje um trabalho nas Escolas Públicas.. em Agosto/15 fizeram nova palestra na Escola Irene de Paiva Lima, na Vila Carrão, por exemplo – sucesso total !! Essa aproximação é muito importante..

  2. Texto excelente pelo louvável aconselhamento. Parabéns Presidente José Renato Nalini.

  3. Já disseram que em quanto as pessoas estiverem fazendo só a obrigação, só o possível, o mundo não melhora.
    Assim, se os Servidores do Estado, membros da Segurança Pública derem o melhor deles, além de Cidades melhores e mais seguras, contribuirão também para a educação e bem estar social.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s