Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Educação é pressuposto

1 comentário

Quando o propósito da lucidez é oferecer ao Brasil uma rota de aprimoramento da qualidade de vida, a edificação de uma sociedade fraterna e solidária, conforme prometido pelo constituinte de 1988, o pressuposto é a ênfase na educação. Educação, como única fórmula propiciadora do desenvolvimento das aptidões de cada pessoa para atingir a plenitude possível, na crença de que o ser humano é perfectível, constitui o remédio insubstituível para se chegar ao ideal possível.

Todas as demais questões existenciais dependem do êxito do processo educacional. Não há confundir educação com escolarização. Esta, a escolarização, o Brasil praticamente conseguiu: acesso universal à escola. Mas em relação ao acesso universal à civilidade, à solidariedade, à responsabilidade, ao sacrifício, ao cumprimento do dever, ainda estamos a meio caminho. E educação é transformar para uma vida harmônica, saudável e prazerosa.

O êxito de um projeto educativo depende de inúmeros fatores. O primeiro é contar com o entusiasmo dos agentes. Quem são os agentes da educação? Os mestres, os pais, os alunos e a própria sociedade. Essa a receita do constituinte de 1988: educação, direito de todos, dever do Estado e da família, em colaboração com a sociedade.

No momento em que o Brasil se defronta com a mais séria crise dos últimos dois séculos – há quem compare a situação atual à quebra da bolsa de NY, o grande craque! – é importante que família, sociedade e Estado tenham consciência de que a educação não pode falhar. Ela precisa ser até intensificada, para que a infância e juventude recebam uma injeção de ânimo, uma dose reforçada de esperança, na certeza de que o País é muito maior do que a crise. E que crise, no seu conceito estrito, é algo passageiro. Não há crise permanente. Assim como não será permanente este estágio melancólico, a ser atravessado com fé, esperança e muita coragem.

Fonte: Diário de S. Paulo | Data: 14/04/2016
JOSÉ RENATO NALINI é secretário da Educação do Estado de São Paulo. E-mail: imprensanalini@gmail.com.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Um pensamento sobre “Educação é pressuposto

  1. Para que vão me obrigar a algo que eu tenho imenso prazer ? Porque estes tais, como castradores ou adestradores, exigem minha presença em sala de aula para transmitir um estresse enfadonho de um encargo pesado, como se a transmissão do ensino fosse um ato oficioso, chato, mofado ? Aliás não preciso de mais nada, e até os alimentos podem me faltar se o ensino for de qualidade, for prazeroso, for como da Grecia antiga, num tempo aonde o máximo do aprendizado consistia em transmitir o conhecimento em poucas palavras numa ideia socrática , aonde o “professor-aluno” já conhece de antemão todas as dificuldades do aprendizado… Ensinar e aprender pode nos demonstrar a própria sublimação do ser humano imerso numa sensação de elevação de espírito e saber. Tenho muita tristeza de que hoje o ensino ainda seja tratado de forma violenta, por vezes, como se professor e aluno estivessem numa mesma sala de aula por uma obrigação a revelia de um terceiro que não se vê… Como tive poucas aulas com o Nalini e bastante eu aprendi, espero que Deus o ilumine ainda mais nesta vocação de renovação desta Secretaria…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s