Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Uma História Exemplar

Deixe um comentário

A Educação Pública Paulista é uma rede que tem muito do que se orgulhar. Durante muitos anos a única formação propiciada às crianças era a dos esforçados jesuítas, expulsos do Brasil por Pombal. A partir daí, muito tempo se passou sem qualquer escola em São Paulo. Assim que proclamada a República, Prudente de Moraes quis evidenciar que a educação deveria ser uma política pública de extrema relevância. Foi assim que se procurou edificar um verdadeiro “Templo da Educação”, o majestoso prédio da legendária Escola “Caetano de Campos”. Símbolo de que a educação republicana seria universal, gratuita, plural e laica.

Desde então, quase seis mil escolas estaduais acolhem cerca de quatro milhões de alunos, complexo praticamente sem similar no planeta. Apenas os números da China poderiam se comparar com os nossos. Neste continente, não há quem nos iguale. Quantos milhares de educadores ofereceram sua vida inteira em prol da formação de várias gerações nessa História de sacrifícios, mas de muita glória. E cumpre manter viva a tradição, para que a memória desses feitos não pereça no oblívio que pode contaminar nações jovens como a nossa.

Para não deixar perecer essa história, a Secretaria da Educação vai implementar um Programa denominado “Memória Escolar, Educação e Patrimônio”, a partir da biografia do Patrono de cada Escola. O artigo 44 do Decreto 57.141, de 18.7.2011, atribui ao Centro de Referência em Educação “Mário Covas”, a missão de orientar os estabelecimentos de ensino para o desenvolvimento de projetos de preservação da sua história, da memória e do patrimônio histórico de cada um deles. Revisitar nossa trajetória no tempo fortalece vínculos e identidades, recupera o passado e fornece aos estudantes um valioso sentido de pertencimento.

Favorece a pesquisa que eles poderão fazer para reconstituir a vida do patrono, resgatando fotos, documentos, referências e tudo o que servir para evidenciar que o alunado tem razões de se orgulhar ainda mais de sua escola.
Todos estão convocados a participar desse enorme projeto, que é válido para reescrever a gloriosa História da Educação Pública bandeirante.

Fonte: Jornal de Jundiaí | Data: 18/08/2016
JOSÉ RENATO NALINI é secretário da Educação do Estado de São Paulo. E-mail: imprensanalini@gmail.com.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s