Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Revolução alimentar

1 comentário

O Projeto “Cozinheiros da Educação” que a Se­cretaria da Educação realiza no Estado de São Paulo é apaixonante para quem se aproxima dele. Os alunos da rede estadual paulista passarão a contar com alimentação mais saudável, a partir da reformulação do cardápio servido diariamente, com o reforço do uso de produtos in natura.

A chefe Janaína Rueda, uma das dez melhores do Brasil, é ex-aluna da Escola Estadual Maria José, no Bixiga, Capital. Sentiu-se motivada a devolver à comunidade algo que recebeu de sua experiência de vida e de sua garra e vontade de vencer. Ela elaborou dez novas receitas, pôs a mão na massa e treinou co­zinheiras para um preparo compatível com a ideia de dar um salto qualitativo à alimentação escolar.

Os dez novos pratos, com alimentação mais rica, equilibrada e saudável, são saborosos. Contêm mais fibras, mais vitaminas e minerais, ômega 3, cálcio, magnésio, fósforo e vitamina D, mais sabor e cores. Em compensação, terão menos sódio, gordura e açúcar. Pense-se em comer arroz integral com lentilha, ovos mexidos e salada de beterraba, ou feijoada com salada de couve, macarrão com moela, peixada, carne moída com feijão, estrogonofe, macarrão com sardinha, cuscuz de frango, cuscuz de sardinha e picadinho à brasileira. Que tal?

A região central da Capital já está com esse menu. Desde setembro, 210 escolas contam com esse projeto efetivamente implementado. Em fevereiro de 2017, mais 584 escolas. Em abril, mais 517, em agosto mais 292, em outubro de 2017 mais 365. Em outubro de 2018, todas as escolas estaduais – hoje em número de 5.427, terão alimentação à base dessa nova estratégia. Sem prejuízo de avanços com a introdução de mais alimentos in natura e adoção de sugestões do alunado, inclusive com o aproveitamento de produtos típicos regionais.

Não é fácil administrar uma estrutura que forne­ce 2 milhões de almoços por dia! Mas com a participa­ção da comunidade, o Estado continuará a aprimorar a educação pública, a fim de realmente mudar o futuro das crianças e alavancar o porvir do Brasil.

Fonte: Jornal de Jundiaí | Data: 04/12/2016
JOSÉ RENATO NALINI é secretário da Educação do Estado de São Paulo. E-mail: imprensanalini@gmail.com.

28126167994_9b3435fbe8_z

FOTO: Diogo Moreira/A2IMG

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Um pensamento sobre “Revolução alimentar

  1. Pingback: José Renato Nalini, “le grand-chef”. | Caetano de Campos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s