Blog do Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

Qual o melhor governo?

2 Comentários

Todos são especialistas em governar. Há diagnósticos e receitas para todos os problemas do convívio. Nesse campo, estou com Goethe: “O melhor governo é aquele que nos ensina a governarmo-nos a nós mesmos”. Ou seja: a base de tudo é a educação. Não se confunda “educação” com “escolarização”. O Brasil conseguiu a universalidade do acesso à escola. Pode haver alguma deficiência localizada, mas sempre corrigível. Ninguém fica sem vaga, se realmente quiser estudar. Já o “querer estudar” esbarra numa série de fatores. Sob argumento de que a escola é desinteressante, há muita evasão. Também não se conta com a autoridade familiar, para a qual a frequência às aulas era uma obrigação insuscetível de questionamento.

Os valores sofreram profunda mutação. Alguns desapareceram. Outros agonizam. Vasta parcela da juventude é atraída para uma vida que a verdadeira educação abomina. Menos mal é a geração “nem-nem”, nem estuda, nem trabalha, se cotejada com o recrutamento para a delinquência. A droga vence batalhas seguidas e não se chega a um acordo se é mais eficiente liberá-la ou continuar a perseguição cujo foco é o infinito exército de pequenos usuários e traficantes desprovidos de significância. Quem controla esse comércio tão lucrativo? Quem é que dele aufere os inimagináveis frutos financeiros, a sustentar uma cadeia nefasta de destruição da juventude brasileira?

Como provar à criança e ao jovem que estudar, trabalhar e enfrentar dificuldades é mais proveitoso do que se entregar ao lucro fácil do comércio de entorpecentes? Missão quase impossível no momento em que mal predomina e compensa, desdizendo o brocardo de que o crime não compensa.

O aprendizado é árduo e tem-se a impressão de vários retrocessos em lugar de avanço. Resta à lucidez que ainda não perdeu a esperança, mostras às novas gerações que o Brasil pode ser melhor do que tem sido. E isso depende de nós, não do governo. Aprendamos a saber o que nos interessa e a lutar por isso.

Fonte: Diário de São Paulo | Data: 26/01/2017

JOSÉ RENATO NALINI é secretário da Educação do Estado de São Paulo. E-mail: imprensanalini@gmail.com.

31160870295_f21f79ecd7_z

Foto: Daniel Guimarães/A2IMG

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Secretário da Educação do Estado de São Paulo, Imortal da Academia Paulista de Letras e Membro da Academia Brasileira da Educação.

2 pensamentos sobre “Qual o melhor governo?

  1. Parabéns. Dos lidos por mim, este foi um dos seus melhores artigos. Escreveu o que já sabemos. Escreveu a verdade. Porém foi importante expor a sua opinião tão verdadeira. “Aprendamos a saber o que (realmente) nos interessa e a lutar por isso”. Uma bela reflexão direcionada a todos. Independente do cargo que ocupam.

  2. O melhor governo é aquele que é aquele que com pouco faz muito, que o cidadão consegue ou o povo consegue viver em seu país, ser uma pátria e uma nação livre e independente sem necessitar para isso um governo intervencionistas. Com certeza poderá não ser o melhor dos governos, mas certamente será a melhor das nações aquela que consegue crescer e se desenvolver sem excessos de assistencilismos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s