Blog do Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ex-Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. Atual Reitor da UniRegistral. Palestrante e conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

A CIDADANIA PROTEGIDA PELO REGISTRO CIVIL

1 comentário

A Oficial Karine Boselli, do 18º Registro Civil das Pessoas Naturais do Ipiranga, na capital, na manhã desta sexta-feira 08/02, reuniu um grupo dinâmico de colegas e companheiros de ideal, para o início da celebração do centenário dessa verdadeira instituição.

Foi em 1919 que se instalou o Registro Civil do Ipiranga, hoje dinâmica delegação, cujo acervo guarda a história do importante bairro, de tamanha relevância para o Brasil. Foi ali que o jovem Pedro I proclamou a Independência em 1822 e ali repousa o Primeiro Imperador de nossa Pátria.

Karine Boselli é uma titular que atesta a excelência da opção constitucional pela delegação de uma atividade estatal, hoje exercida em caráter privado, por conta e risco do oficial concursado. Essa alternativa propicia investimento tecnológico e toda a desenvoltura da iniciativa privada, sem as amarras que impedem a Administração Pública direta de ser tão eficiente como esse setor.

Estiveram no congraçamento Paulo Boselli, oficial substituto do 18º Registro Civil, Marco Aurélio Valota, oficial substituto, Raquel Silva Cunha Brunetto, do Registro Civil de Ribeirão Pires, Karen Zanotti De Munno, do RC de Bebedouro, Ilzete Verduano Marques, do RC do Alto da Moóca, Milena Guerreiro, do RC de Lourdes, Carla Watanabe, 28ª Tabeliã de Notas, o juiz Ricardo Felício Scaff, da 1ª Vara Cível de Guarulhos, Jonathan Gisley da Cunha, Ana Célia Gonçalves, Donizete Pereira de Jesus e José Valdecir dos Santos.

Karine Boselli usou da palavra e homenageou o ex-Corregedor Geral da Justiça, o desembargador José Renato Nalini, que ficou sensibilizado com o carinho de serventuários exemplares, dos quais guarda as melhores recordações.

Numa era em que a tática das homenagens está à procura dos ocupantes dos cargos e se olvida de quem, numa corrida de revezamento, já passou o bastão para sucessores, é um atestado ético de nobreza de caráter continuar a manifestar apreço por alguém que não detém nenhum cargo, mas continua a acreditar no acerto do constituinte ao eleger a delegação como forma de aprimorar os serviços extrajudiciais.

A cidadania brasileira está muito bem protegida com o sistema do Registro Civil das Pessoas Naturais, a mais democrática dentre as delegações extrajudiciais, pois aquela de que todas as pessoas necessitam e sem as quais sequer ingressam no mundo real. É o assento de nascimento, documento imprescindível, que comprova a existência jurídica das pessoas, assim como o assento de morte certifica a sua partida para a eternidade. Daí a inevitável passagem de todo ser humano por esse sistema confiável e seguro que é o Registro Civil das Pessoas Naturais. Instituição da qual o Brasil deve se orgulhar e deve prover de novas atribuições, das quais sua eficiência dará inteira conta.

José Renato Nalini é Reitor da Uniregistral, docente universitário, palestrante e conferencista.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Anúncios

Autor: Renato Nalini

Ex-Secretário de Estado da Educação e Ex-Presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. Ex-Presidente e Imortal da Academia Paulista de Letras. Membro da Academia Brasileira de Educação. Atual Reitor da UniRegistral. Palestrante e Conferencista. Professor Universitário. Autor de dezenas de Livros: “Ética da Magistratura”, “A Rebelião da Toga”, “Ética Ambiental”, entre outros títulos.

Um pensamento sobre “A CIDADANIA PROTEGIDA PELO REGISTRO CIVIL

  1. Bom Dia, Dr!

    Parabéns pela merecida homenagem. Realmente os cartórios, em boas mãos, realizam uma gestão pública eficaz e eficiente! Não podemos prever como seria a administração dessas serventias sob os auspícios de servidores públicos integrantes da já desgastada máquina pública…

    Grande Abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s